Tools

Siemens Industry SectorSiemens Industry Sector

Site ExplorerSite Explorer
Close site explorer

Elemento de linguagem de alto nível WRITE

Aplicação

A produção com máquinas-ferramenta CNC exige uma grande quantidade de dados de medição e parâmetros para garantir a qualidade e verificar se a produção está de acordo com os requisitos legais. Para prevenir uma eventual perda dos parâmetros de usinagem durante o processo de produção, o elemento de linguagem de alto nível "WRITE" pode ser usado para arquivar os parâmetros de usinagem, um procedimento usual para proteger a produção. O arquivamento é realizado através da criação automática de um arquivo de protocolo no comando numérico da máquina.

Função

A tarefa do elemento de linguagem de alto nível "WRITE" é escrever blocos ou dados de programas NC em um arquivo de protocolo. Ele é usado, por exemplo, para garantir a produção ou protocolar os dados de medição. Durante o atual programa NC em execução, o elemento de linguagem de alto nível "WRITE" coleta dados específicos gravando-os de modo automático no arquivo de protocolo do comando numérico da máquina. Se um arquivo de protocolo não existir, ele será criado em formato MPF. Um arquivo de protocolo existente é expandido automaticamente durante a execução do programa. Os arquivos gerados são de fácil acesso, podendo ser lidos, importados, modificados e deletados por todos os usuários da máquina.

Sintaxe de códigos

O comando WRITE é estruturado de acordo com o seguinte modelo:

DEF INT <erro>
WRITE(<erro>,“<nome do arquivo>“,“<bloco/dados>“)

Comando WRITE para adicionar um bloco ou dados na última linha do arquivo especificado.

Comando

Descrição

<erro>

Variável para retroalimentar o valor do erro.

<nome do arquivo>

Nome do arquivo no sistema passivo de arquivos em que o bloco ou dado especificado será adicionado.

<bloco/dados>

O bloco ou os dados serão adicionados no arquivo especificado.


Aplicação típica do comando WRITE

O setpoint e o valor real de uma medição de um ponto (CYCLE978) no atual exemplo são lidos no programa NC existente e gravados em um arquivo de protocolo "PROTOKOLL.MPF".

DEF INT _ERROR
G17 G54 G90
T="3D_PROBE"
M6
G0 X23 Y0
G0 Z5
CYCLE978(100,10008,,1,0,20,5,3,2,1,"",,0,1.01,1.01,-1.01,0.34,1,0,,1,1)
WRITE(_ERROR,"_N_LOG","SETPOINT Z="<<_OVR[3])
WRITE(_ERROR,"_N_LOG","ACTUAL VALUE Z="<<_OVR[7])
WRITE(_ERROR,"_N_LOG","DIFFERENCE="<<_OVR[19])
M30

Explanação do exemplo de programação

Comando de programação

Descrição

DEF INT_ERROR

Definição das variáveis de erro

G17 G54 G90

Ponto de partida

T="3D_PROBE"

Seleção do apalpador de medição

M6

Carregamento do apalpador 3D

G0 X23 Y0
G0 Z5

Ponto inicial da medição

CYCLE978(100,10008,,1,0,20,5,3,2,1,"",,0,1.01,1.01,-
1.01,0.34,1,0,,1,1)

Processo de medição

WRITE(_ERROR,"_N_LOG","SETPOINT Z="<<_OVR[3])

Gravação do setpoint no arquivo de protocolo

WRITE(_ERROR,"_N_LOG","ACTUAL VALUE Z="<<_OVR[7])

Gravação do valor real no arquivo de protocolo

WRITE(_ERROR,"_N_LOG","DIFFERENCE="<<_OVR[19])

Gravação da diferença entre o valor real e o setpoint no arquivo de protocolo

OVR[3])

Vetor de offset I1$TC_CARR3[n], componente Z

OVR[7])

Vetor de eixo rotativo V1$TC_CARR7[n], componente X

OVR[19])

Vetor de offset I1I14$TC_CARR19[n], componente Y

M30

Fim do programa

Depois de "Selecionar" e processar o programa sequencial ao pressionar o botão "CYCLE-START", o arquivo de protocolo (PROTOKOLL.MPF) é gerado automaticamente no mesmo diretório. O arquivo de protocolo possui o seguinte conteúdo:

SETPOINT Z=0
ACTUAL VALUE Z=0.01300811768
DIFFERENCE=0.01300811768

Mais informações

Os programas e a documentação estão disponíveis no portal de suporte da Siemens:


02-06-2014 | Autor: Nome