Tecnologia BICO

A tecnologia BICO - Binector-Conector -, orientada ao usuário, permite que os conversores sejam adaptados a todas as aplicações sem a necessidade de uma programação complexa. A regulação em malha fechada e a tecnologia envolvida em diversas aplicações são parametrizadas através de operações simples - e o seu know-how permanece protegido.

A tecnologia BICO é caracterizada pela técnica com a qual são feitas conexões entre blocos de funções lógicas, matemáticas e de tempo. A conexão entre dois blocos de função compõe-se, de um lado, de um conector ou binector e de outro, de um parâmetro BICO. A conexão ocorre sempre do ponto de vista da entrada de um bloco de função. A uma entrada, sempre é sinalizada uma saída. A sinalização é feita para um parâmetro BICO, o qual receberá o número do binector ou conector, de onde os sinais de entrada deverão ser lidos. É permitida a utilização do mesmo número de conector ou binector em diferentes parâmetros BICO. Com isso os sinais de saída de um bloco de função poderão ser utilizados como sinais de entrada em diversos blocos de função.

A tecnologia BICO traz flexibilidade na parametrização das interfaces digitais (binectores) e analógicas (conectores), onde entradas e saídas possuem endereços fixos que podem ser conectados por software.

As vantagens, portanto, são evidentes:

Flexibilidade na parametrização
Com as entradas digitais completamente parametrizáveis através dos binectores, é possível realizar qualquer função binária no inversor.

Funções simultâneas
É possível realizar várias funções com uma mesma entrada digital e utilizar a entrada analógica em mais de uma posição.